Dica fundamental de estilo

Roseane Mendes



Quando o assunto é consultoria de imagem e dica de estilo existem alguns preceitos fundamentais. Muitos desses preceitos são: identificar qual(is) estilos universais a pessoa mais se aproxima, peças que são estruturais, como fazer compras assertivas, compreensão das características da forma corporal e características do rosto, entre outros preceitos. Mas, nada disso se sobrepõe aos gostos pessoais e características únicas que todos nós temos. Onde quero chegar com isso?



Uma mulher estilosa é uma mulher segura e confiante. Por mais que eu dê dicas do tipo: "Se você quer disfarçar os quadris largos use tal peça..." Não quer dizer que se você tem quadril largo, obrigatoriamente você precisa disfarçá-lo. Não! Você pode estar muito bem resolvida com essa característica. Pode ser que essa característica seja sua maior marca e que deva ser valorizada. Ter estilo é ser único e não é possível ser único seguindo uma cartilha que não pode ser ignorada. 



O que nós consultores fazemos é criar harmonia entre imagem e intenção para que a mentorada se sinta segura com a própria imagem. 

Vejo muitos questionamentos do tipo: "Está na moda usar tal peça?" " Posso continuar usando tal sapato?"  Se a peça tem a ver com você, com seu estilo de vida, com o ambiente que frequenta deve continuar fazendo uso. A moda é intencionalmente perecível, o principal intuito é o consumo. Ter estilo vai muito além de seguir tendências da moda. Faz parte da natureza da moda a busca do inusitado, do diferente, da inovação e do ineditismo, para no final atingir o uso generalizado e consequentemente decair. 


Ao analisarmos estas características conseguimos entender porque ter estilo é tão difícil, porque a moda nos é oferecida como um consumo contínuo. Por um lado essa oferta facilitaria o ato de vestir, mas é tanta oferta e tantas mudanças que acabam dificultando. Enquanto o estilo é uma leitura da subjetividade que faz uso da moda para se expressar. A moda é uma criadora de imagem, de simulacro e facilitadora das expressões. Por essa razão é tão mais fácil está na moda do que ter estilo.

A moda por vezes nos faz parecer um criação em série, enquanto o estilo nos dá a exclusividade. É por essa razão que seguir tendência não traz a devida segurança com a nossa imagem, porque é apenas mais uma reprodução. 



A compreensão de estilo é ter consciência de que não existe estilo errado e toda pessoa é única. Errado é não se sentir bem, é não se adequar ao ambiente, é não estar confortável. 

Resumindo: A dica fundamental de estilo é se respeitar e permitir que sua imagem conte sua história, mesmo que alguns não goste do que está sendo contando. 

Comentários