Sweet Magnolias

Roseane Mendes


Se você, assim como eu, gosta de séries leves para assistir no fim do dia um pouco antes de dormir, Sweet Magnolias é essa série. O enredo gira em torno da amizade de três mulheres: Maddie, Dana e Helen. A série estreou no dia 19 de maio e até o momento só tem um temporada disponível, embora, a Netflix já tenha confirmado a 2ª temporada; ainda não há previsão de estreia. São 10 episódios com 50 minutos em média com assuntos como: divórcio, carreira profissional, maternidade e muito romance. Os conflitos são abordados de maneira muito sensível e esperançoso por isso julgo ser uma série para relaxar e se "desintoxicar" do estresse diário.  


A série é baseada nos livros de Sherryl Woods de 3 volumes e roteirizada por Sheryl J. Anderson. Sweet Magnolias foca no público feminino com faixa etária acima dos 35 anos, já que as personagens principais são mães e mulheres com uma vida profissional em andamento. Maddie (Joanna Garcia de A vingança das damas de honra) é mãe de três filhos de diferentes faixas etárias, um adolescente próximo a idade adulta, um recém entrado na adolescência e uma criança. Maddie está se divorciando depois de descobrir que seu marido Bill (Chris Klien), médico da cidade, a traía com a enfermeira Noreen (Jamie Lynn Spears a irmã da Britney). Já aviso que vocês vão simpatizar com a Noreen, já que normalmente tendemos a desprezar a amante. Dana Sue (Brooke Elliot) é dona de um restaurante bem sucedido e mãe de uma adolescente, é também divorciada. Já Helen (Heather Headley) é uma advogada de sucesso que não teve filhos apesar desse ser seu sonho. Helen tem uma história de amor mal resolvida principalmente por causa do seu desejo de ser mãe. 


A história se passa em uma cidadizinha pacata na Carolina, onde todos se conhecem e tem muitos encontros dominicais e festas relacionada a igreja. É importante dizer que é uma série que segue um padrão que vou chamar de Hallmark, não tem nenhuma abordagem de temas que estão em discussão no momento. é um mundo "perfeito" sem grandes conflitos. Faz lembrar séries como Gilmores girl. 


Eu indico a série para quem não espera nenhuma grande reflexão ou um super climax. Indico principalmente para quem sente falta daquelas séries que eram exibidas nos domingos no SBT.

Comentários