Perfume Premiére da Gucci

Roseane Mendes

Eu adoro perfume e sou daquelas que escolhe o que vai usar de acordo com o estado de espírito e, claro, de acordo com o clima. Há pessoas que usam sempre o mesmo perfume, elas fazem daquele cheiro parte de suas identidades. Hoje vou resenhar o perfume Premiére da Gucci.

Eu gosto do Première da Gucci porque o seu cheiro remete a uma certa sofisticação. Seu aroma me remete a uma força e ao mesmo tempo a uma naturalidade e charme. É muito difícil resenhar perfumes, mas os aromas que gostamos nos leva a algum tipo de imaginário e é por isso que gostamos e nos identificamos. 

A nota de abertura é a bergamota da Calábria o que garante um certo frescor nas primeiras notas. Mas, atenção! Não estou dizendo que é um perfume fresco, estou dizendo que ele tem frescor. Ou seja, não é daqueles perfumes intensos que só conseguimos usar a noite ou no inverno. Ele também tem notas de flores de laranjeira o que lhe dá um tom cítrico. Também fazem parte de sua composição flores brancas, almíscares de tonkin, nuances de madeira, patchouli, sândalo e couro. É um perfume mais encorpado, porém sem ser intenso demais. Gosto bastante, mas não compraria novamente devido a presença de almíscar natural. Faz uns três anos que o comprei e o escolhi somente pelo cheiro que senti na loja, mas hoje perguntaria se as notas de almíscares são sintéticas ou naturais.

Atualmente na Sephora o frasco de 30 ml está custando 299 reais.

Comentários