Das antigas: A garota de rosa shocking

Roseane Mendes

Recentemente assisti a um clássico dos anos 80 chamado A Garota de Rosa- Shocking.  Essa é uma comédia romântica adolescente que aborda as inseguranças da juventude, em especial aquelas que são originadas devidas as diferenças entre classes econômicas. Apesar de ser não fugir dos clichês presentes nas comédias românticas, A Garota de Rosa- Shocking possui muitas sutilezas que sinto falta nas comédias atuais. 


O enredo conta a história de Andie (Molly Ringwald) uma jovem pobre que sonha e luta por uma vida melhor. Tem um melhor amigo chamado Duckie que é apaixonado por ela, apesar terem alguns pontos em comum; eles possuem ambições diferentes. Enquanto isso Blane um jovem rico se interessa por Andie, mas as inseguranças de ambos dificulta essa aproximação.

Mesmo sendo uma jovem muito insegura, Andie tem muita personalidade e valores muito sólidos. Suas ambições não se resumem a um maior poder econômico, mas uma maior liberdade. Liberdade que depende sim de um maior poder aquisitivo, mas que não se limita a isso. Vi uma sinopse que dizia que Andie sempre quis conquistar um príncipe rico e popular na escola. Discordo veementemente, já que Jeff é um jovem rico e popular que a deseja; porém ela nunca o corresponde. Os sonhos de Andie são muito mais grandiosos. 


Não vou me aprofundar mais para não dar spoiler, mas vou deixar o link de uma análise que achei muito boa (clique aqui). 
Até breve! Fiquem bem e cuidem-se!

Comentários