Como escolher o sabonete facial

Roseane Mendes

Neste post não vou indicar marca ou produto específico, o que quero é dar informações que te ajude a escolher o produto e marca de forma autoral. Meu objetivo é te ajudar a ir até uma gôndola da farmácia ou perfumaria e escolher o sabonete facial adequado para o seu tipo de pele.

Antes de mais nada você deve entender de maneira bem básica a composição da nossa pele. A camada superficial da nossa pele é coberta por um filme hidrolipídico ou manto hidrolipídico. Falando de uma maneira muito superficial e resumida esse manto ou filme é formado por corneócitos, lipídeos produzidos na epiderme, o sebo produzido pelas glândulas sebáceas, água e sais minerais provenientes da sudorese. Esse manto contém uma substância de ácido graxo muito importante chamada 7 de hidrocolesterol. Os raios solares exerce uma ação direta sobre o 7 de hidrocolesterol, produzindo vitamina D. Essa vitamina D é absorvida pela corrente sanguínea e utilizada para garantir o desenvolvimento e a  manutenção satisfatória do tecido ósseo e a utilização adequada de cálcio e fósforo.

Ao entendermos isso é hora fazer a escolha certa do sabonete facial. Essa camada superior é uma manta protetora da pele e o sabonete não deve agredi-la. A pele do rosto é mais sensível que a pele do restante do corpo, por essa a razão o sabonete corporal deve ser diferente do facial. Outra diferença está no PH. Existem quatro tipos de pele diferentes: pele oleosa, norma, seca e mista. Na hora da escolha do sabonete considere:

Pele normal: o sabonete deve manter o equilíbrio desse tipo. O sabonete líquido é o mais adequado; os compostos ativos recomendados são: aloe vera, extrato de calêndula, extrato de gínseng, extrato de maracujá e argila branca.

Pelo oleosa: a característica principal é um desequilíbrio na glândula sebácea e glândula sudorípara que ocasiona uma alta produção de oleosidade. Apesar do excesso de oleosidade, o sabonete não deve ser tão agressivo a ponto de após a limpeza você sentir a pele seca. Caso essa sensação ocorra, sua pele pode sofrer o chamado efeito rebote (que é quando a pele produz ainda mais oleosidade). Os ativos recomendados para esse tipo de pele são: ácido salicílico, erva doce, melaleuca, hamamelis e argila verde. 

Pele seca: neste tipo também há um desequilíbrio na glândula sebácea e glândula sudorípara, porém neste caso produz pouca oleosidade. Os ativos recomendados são: extrato de aveia, extrato de melissa, óleo de framboesa e argila amarela.

Pele mista: nesse tipo de pele há áreas onde tem uma produção de óleo excessiva (na zona T), enquanto em outras áreas são secas ou normais. Os ativos recomendados são: extrato de hotelã e extrato de alecrim.

Espero que este post ajude a escolhe o sabonete ideal para seu tipo de pele.

Fique bem! Cuide-se e até breve.

Comentários