quarta-feira, 26 de julho de 2017

Visita ao Centro de Santiago do Chile

Roseane Mendes

No primeiro dia da minha chegada a Santiago do Chile, fiz um passeio pelo centro da capital. Estive hospedada no Bairro Providencia perto de uma estação de metrô. Portanto fomos ao centro de metrô o que é super fácil e seguro. Fomos fazer a troca de dinheiro na Calle Agustinas, onde tem uma boa concentração de casas de cambio. Encontramos quatro muito próximas umas das outras. Deixem para trocar seu dinheiro lá, porque tem a melhor cotação. Nesta rua a cotação é a melhor de Santiago, e comparada ao Brasil a diferença é ainda mais gritante. Troque aqui no Brasil, só o equivalente ao transfer do aeroporto para o hotel que for hospedar, um pouco para o metrô e uma refeição dependendo do horário que você desembarca no país.


Na Plaza de Armas assistimos a troca da guarda que é uma solenidade de quarenta minutos em frente ao Palacio de la Moneda. Nesta praça tem alguns prédios históricos de arquitetura riquíssima. Vale muito a pena ficar um tempinho por lá observando essa arquitetura. Com sorte é possível assistir outras manifestações culturais como por exemplo a procissão de Nossa Senhora de Maiapu. Eu vi, e adorei a oportunidade de poder assistir algo tão local. Também foi possível ver um casal de bailarinos apresentando a dança cueca, que é uma dança típica chilena. 

Se você estiver indo na temporada de inverno, vale a pena comprar algumas peças de inverno no centro. Falo de coisas como: luvas, meias, segundas peles, tocas, etc. Eu fui em julho, bem no inverno mesmo. Se você for fazer um tour pelo Valle Nevado, vale muito mais a pena comprar no centro de Santiago luvas impermeáveis e até bota, que alugar. Depois farei um post só sobre isso. 

Vale a pena visitar o Mercado Central, mas não vale a pena comer por lá. Comer lá é caro e não vale quanto custa. Outra dica: leve um mapa e siga esse mapa. Mesmo que você saiba espanhol, como eu, não peça informação para os nativos eles sacaneiam te mandando para o lado oposto do que procura quando vocês está bem ao lado. Aconteceu comigo. Claro, que não podemos generalizar. Mas, aconteceu mais de uma vez, mais duas eu diria. Por isso, é melhor confiar em um mapa.

Fique bem atentos aos seus pertences como bolsas, por exemplo. Essa dica é dada inclusive pelos policiais locais. Não há muitos assaltos, dizem ser raros, mas há muitos furtos. Os furtos acontecem principalmente em lugares de grande movimentos.

A cidade é linda e vale a pena visitar. O centro não é o lugar mais bonito de Santiago, mas um olhar atento a arquitetura irá descobrir muitas riquezas. Espalhei por ele post algumas fotos para incentivá-los a olhar para o centro.

No bairro Providencia, que é onde fiquei hospedada também tem prédios muito bonitos e uma praça local onde os nativos levam seus cães para passear. 


Espero que este post tenha ajudado a vocês. Beijos e até o próximo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fale conosco