segunda-feira, 20 de junho de 2016

Polêmica: Sandália dourada da Zara teria causado queimadura em 20 minutos de uso.

Roseane Mendes

Hola chicos y chicas! Parece que a Zara está sempre atraindo polêmicas. Como se não bastasse todas denuncias de exploração de trabalho escravo, a marca se envolveu em mais uma polêmica.

Uma sevilhana (Sevilha - Espanha) denunciou no Facebook umas queimaduras provocada por umas sandálias da Zara. Tais queimadura teriam sido causadas durante o curto período de 20 minutos de uso. Essa denúncia causou verdadeiro burburinhos na rede social. Talvez não só pela denúncia (que já é grave o suficiente), mas por mais uma vez está envolvido o nome da Zara. 

O modelo que teria provocado as queimaduras seria esse:



Esse modelo na Europa custa cerca de 39,69 euros e assim que a polêmica começou a espalhar pelas redes sociais, este modelo foi retirado das lojas. Abaixo temos as fotos da supostas queimaduras feitas em apenas 20 minutos de uso.

Notícias como essa envolvendo uma fast fashion causa tanto frisson, porque essas são as marcas mais acessíveis ao grande público. E claro que nós queremos estar na moda com segurança e saúde e também sem escravizar ninguém. Ainda não foi provado que tais ferimento foram causados pela sandália. Eu faço parte daquele milhões de consumidores da marca, por enquanto.Sabemos que é possível preço justo por com uma certa qualidade e também pagando um salário legítimo aos trabalhadores. Obviamente, o problema não está nas fast fashion, já que também há denuncias inclusive contra marcas caras consideradas de alto padrão. O post original diz o seguinte:
“Quiero hacer público el daño que uno de los productos de la marca Zara me ha hecho. Se trata del modelo de sandalias que podéis visualizar, compradas hace relativamente poco y con apenas tres usos. Mis pies han sufrido claramente quemaduras provocadas por estos zapatos. Podéis observar el tamaño de ellas. Este daño fue producido la noche del sábado, el pie sudó y el material de la parte superior me quemó de esta manera tan atroz. No tiene ningún tipo de lógica, ya que es un producto destinado al verano y por consecuente, al calor. Este producto, según he podido observar, ha sido altamente vendido. Estoy segura que no soy la única a la cual le ha pasado esto. Me parece una vergüenza que un zapato así pueda provocar este tipo de daños, su precio es de 40 euros. Hago este llamamiento para que la marca Zara tome medidas y retire este producto. Además, para que ninguna otra persona se vea afectada con la compra del mismo. No se puede consentir que un producto así atente contra el consumidor”.
Esperemos pelo desfecho...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fale conosco