sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Aprendendo a comprar certo.

Roseane Mendes

Oi, menina! Estão querendo construir um guarda roupa cheio de estilo? Antes de investir em peça tendência certifique-se de que você tem a seguintes peças abaixo. Mais uma vez vou dividir este post, falarei das roupas em um outro falo dos sapatos. As peças que estão abaixo são chamadas peças de construção, elas são a base do guarda roupa. Depois vem as peças que adornam o seu armário.


1. Trench coat. Clássico, totalmente a temporal. Como estamos no Brasil escolha um modelo de algodão, mas se encontrar com forro removível invista. Mas, isso depende de que parte no Brasil você vive porque se for no Sul pode investir em um de lã. Acho legal aqueles que vão até logo abaixo dos joelhos. Essa é uma peça que quero comprar pois ainda não tenho. Portanto, está minha listinha.













2. Camisa social branca. Super clichê, mas não é atoa. Uma camisa branca dá automaticamente um ar sofisticado ao look. Essa é uma peça que vale a pena fazer um investimento maior. Porque é preciso que ela tenha um caimento e uma modelagem impecável. Como é uma peça atemporal vale a pena pagar um pouco mais por uma peça de maior qualidade. A Sharon Stone foi ao Oscar em 98 vestida uma camisa branca social.


3. Calças. Nós precisamos ter um bom par de jeans, de preferência de lavagem escura porque é mais versátil. E uma calça de lã, pantalonas estilo marinheiro com a cintura no lugar (nem baixa, nem alta). Escolha uma cor neutra. No meu armário falta essa calça.


4. Saia. Tenha dois modelos básicos a lápis e a evasê. Como eu tenho o quadril largo e não me sinto a vontade com isso abri mão do modelo lápis. O comprimento deve ser logo abaixo dos joelhos ou logo acima. Como disse essa será a peça de construção, tenha uma. Depois invista nas minis e nas maxis.O melhor é que seja em uma cor escura.



5. Blazer, paletó ou jaqueta. Esses são as melhores sobreposições que podemos fazer. Escolha modelos clássico e tecidos como lã, algodão, veludo cotelê. Fuja de tecidos 100% sintéticos.

6. Pretinho básico. Parece chover no molhado ao falar dessa peça, mas ela é realmente uma salvadora na hora da dúvida no que vestir. Um pretinho básico é capaz de assumir várias caras dependendo apenas de acessórios.

7. Cardigã. Também é uma ótima sobreposição.


8. Uma boa bolsa. Um modelo clássico para o dia a dia e uma clutch para as festas. O resto é adorno.
Além dessas dicas de peças quero dar outras dicas.
1. Escolha tecidos naturais ou que pelo menos tenha 60% de fibra natural.
2. Essas peças merecem um investimento maior. Mas, isso não quer dizer que elas tem que ser de grife. Elas tem que ser peças para durar.
3. O bom caimento é obrigatório.
Se vocês observarem o post por mais de uma vez usei imagens de Audrey Hepburn para ilustrar. Peças como essas são totalmente atemporais, por isso que devem ser a base do nosso armário e valorizar ainda mais a qualidade e a durabilidade.

Beijos, até breve.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fale conosco