terça-feira, 31 de dezembro de 2013

De repente 30... O que aprendi nessas 3 décadas de vida.

Oi, pessoal! Festas de fim de ano e a gente tira um tempinho para aproveitar. Além disso, dia 23 foi meu aniversário, aproveitei para descansar, pegar um cineminha, essas coisas. E o tempo não perdoa! Ainda não acredito que os 30 chegaram, sei lá, me sinto muito mais nova, mesmo tendo responsabilidades próprias da idade, minha cabeça é muito mais jovem. Mas, quando eu paro para pensar, vejo que muito foi aprendido nesses anos e vou dividir um pouco com vocês. 


1. Nem sempre você vai estar no topo da carreira aos 30. 
Quando eu era mais nova, costumava pensar que aos 30 eu teria um empregão, um salarão, uma vida cheia de "ãos". Aprendi que não é assim que as coisas funcionam. Como capricorniana, estou sempre lá, fazendo minha parte para subir a montanha, mas é minha montanha pessoal. Procuro sempre fazer o melhor que eu posso ser, mas isso não tem nada a ver com o topo que a gente ver nos filmes, nada a ver com ser uma super executiva, com ter um cargo de chefia. Também aprendi que isso não tem assim tod essa importância.

2. A opinião dos outros é dos outros. 
Confesso que já fui tão mais preocupada com a opinião alheia... Hoje vejo que não ajuda em nada ficar se importando com o que os outros vão pensar de você, das suas atitudes. Sabe aquela màxima de "não se pode agradar gregos e troianos"? É a mais pura verdade. Uns vão te achar magra demais, alta demais, estranha demais e outros vão pensar exatamente o contrário. 

3. Se aceitar como você é. 
Chega de neuras! Como a gente fica tentando agradar os outros, acaba esquecendo quem você é de verdade e começa a tentar ter a imagem que os outros (amigos, família, a mídia) pintam para você. Quando você começa a gostar de você do jeitinho que você é, parece a conquista da liberdade. Vocês, que acompanham o blog, viram a minha saga em aceitar meus cachos e nunca me senti tão livre. 

4. Aceitar os outros como são.
Você já se pegou tentando mudar um outra pessoa? Um amigo, alguém da família, o cônjuge? A gente faz isso, né! De uns tempos pra cá, eu comecei a me policiar e aceitar mais as pessoas como são. É praticamente matemática: se você aceita as pessoas como são, acaba criando menos expectativas, se cria menos expectativas se decepciona mesmo, então, as relações acabem ficando melhores!

5. O importante não é O que você tem e sim QUEM você tem. 
Com o tempo você valoriza mais as pessoas que você tem na sua vida do que os bens materiais conquistados. A família, os amigos, um amor são muito mais valiosos que qualquer carro importante. Estar ao lado das pessoas que você ama e que te amam de volta é a melhor coisa do mundo.

6. O verdadeiro príncipe encantado é aquele que te ama. 
Me lembro, quando era adolescente, de ficar idealizando uma pessoa, alguém quase perfeito com quem eu iria me casar, ter dois filhos e morar numa casa com cerquinha branca e um cachorro. Depois de um tempo você cai na real e vê que o importante mesmo é encontrar alguém que te ame como você é e te respeite. 

7. O importante é ter saúde e alegria
Quando se é mais jovem e as pessoas te desejam saúde, você acaba não dando tanta importância. Com o tempo, vai percebendo o quanto ter saúde é importante. Se você tem saúde e tem alegria no coração, fica muito mais fácil correr atrás das coisas. 

Não foi apenas isso, mas foi o que consegui expressar. Espero que tenham um 2014 cheio de saúde e alegria! 

Ano que vem tem novidades pintando aqui. Aguardem! 

Tati 

Vamos maquiar? Delineador e batom rosa

Roseane Mendes


Oi, meninas! O Vamos maquiar está de volta, mas dessa vez não foi possível post o vídeo. Portanto, vamos ter o passo a passo somente em fotos. Vamos lá?
Essa maquiagem é fácil deeeeemais, mas deixa a gente bem arrumadinha.








A preparação da pele foi feita com a base da M.A.C Studio Fix NW38, corretivo M.A.C NW38 e pó da Duda Molinos.


Por toda a minha pálpebra móvel a sombra da Duda Molinos craft.










Feito isso aplico uma sombra marrom com um pincel chanfrado na marca do côncavo. A sombra marrom é a da paleta sephora.







Depois dou uma leve esfumada neste traço de sombra marrom para que ele não fique tão marcado.









Depois delineador preto. O delineador que usei é em caneta da Quem disse Berenice? Logo passe bastante máscara de cílios.








Batom rosa da Maybelline.










E aí está a maquiagem dessa vez. Maquiagem de preguiçosa, trabalho quase nenhum.

Imagens de alguns dos produtos usados.
sombra craft - Duda Molinos

Blush Mary Kay

Beijos, até o próximo post.

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Ranking das bases testadas.

Roseane Mendes

Oi, meninas! O post de hoje é um review das bases usadas durante o ano de 2013. Esse ano acho que foi o ano que mais usei bases. Então farei aqui um ranking das minhas favoritas. Claro que classifiquei minhas preferências levando em consideração a durabilidade e o controle da oleosidade, já que minha pele tente a ter aspecto de frango a passarinho.


1. Studio fix fluid da M.A.C. Fiz uma resenha dessa base é só clicar aqui para ver.

2. Dream Matte mousse Maybelline . Tem resenha da Tati, clique aqui.

3. Base Super Stay 24h da Maybelline. Gostei dessa base devido a duração e preço que é bem amigo, R$38. Mas, tem um probleminha: a hora de escolher a cor. Quando testei a base no stand, testei no colo e pareceu o meu tom exato. Comprei a cor Honney beige medium e fui fazer o que tinha que fazer. Passado um tempo quando olho no espelho do carro, o tom estava muito mais escuro que a minha pele. Como eu não tinha aberto o frasco voltei até o stand e pedi a moça que me atendeu para trocar. Testei a cor Classic beige medium e pareceu bem mais clara que minha pele. Como havia percebido que o passar do tempo a base fica mais escura comprei assim mesmo. E voilá! Essa é a minha cor. Portanto, a dica é: teste, dê um tempinho e depois decida a cor que deve levar. Teste, de uma voltinha no shopping depois volte para efetuar a compra.Detalhes aqui


4. High definition da Smashbox. Resenha aqui


5. Matchmaster da M.A.C. Resenha aqui.


6. Studio Fix Power Plus Foundation. Resenha aqui


7. Comme aprés 10 heures de sommeil da Bourjois. Essa é uma das mais leves entre as bases citadas e tem ação bem hidratante. Mas não piora a oleosidade da minha pele.


8. Pro Longwear da M.A.C. Resenha aqui.

9. Base Timewise da Mary Key. Resenha aqui.
Todas as bases que estão aqui eu dou um LIKE. Só fiz uma espécie de ranking preferencial, mas aprovo todas.
Até breve.

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Aprendendo a comprar certo.

Roseane Mendes

Oi, menina! Estão querendo construir um guarda roupa cheio de estilo? Antes de investir em peça tendência certifique-se de que você tem a seguintes peças abaixo. Mais uma vez vou dividir este post, falarei das roupas em um outro falo dos sapatos. As peças que estão abaixo são chamadas peças de construção, elas são a base do guarda roupa. Depois vem as peças que adornam o seu armário.


1. Trench coat. Clássico, totalmente a temporal. Como estamos no Brasil escolha um modelo de algodão, mas se encontrar com forro removível invista. Mas, isso depende de que parte no Brasil você vive porque se for no Sul pode investir em um de lã. Acho legal aqueles que vão até logo abaixo dos joelhos. Essa é uma peça que quero comprar pois ainda não tenho. Portanto, está minha listinha.













2. Camisa social branca. Super clichê, mas não é atoa. Uma camisa branca dá automaticamente um ar sofisticado ao look. Essa é uma peça que vale a pena fazer um investimento maior. Porque é preciso que ela tenha um caimento e uma modelagem impecável. Como é uma peça atemporal vale a pena pagar um pouco mais por uma peça de maior qualidade. A Sharon Stone foi ao Oscar em 98 vestida uma camisa branca social.


3. Calças. Nós precisamos ter um bom par de jeans, de preferência de lavagem escura porque é mais versátil. E uma calça de lã, pantalonas estilo marinheiro com a cintura no lugar (nem baixa, nem alta). Escolha uma cor neutra. No meu armário falta essa calça.


4. Saia. Tenha dois modelos básicos a lápis e a evasê. Como eu tenho o quadril largo e não me sinto a vontade com isso abri mão do modelo lápis. O comprimento deve ser logo abaixo dos joelhos ou logo acima. Como disse essa será a peça de construção, tenha uma. Depois invista nas minis e nas maxis.O melhor é que seja em uma cor escura.



5. Blazer, paletó ou jaqueta. Esses são as melhores sobreposições que podemos fazer. Escolha modelos clássico e tecidos como lã, algodão, veludo cotelê. Fuja de tecidos 100% sintéticos.

6. Pretinho básico. Parece chover no molhado ao falar dessa peça, mas ela é realmente uma salvadora na hora da dúvida no que vestir. Um pretinho básico é capaz de assumir várias caras dependendo apenas de acessórios.

7. Cardigã. Também é uma ótima sobreposição.


8. Uma boa bolsa. Um modelo clássico para o dia a dia e uma clutch para as festas. O resto é adorno.
Além dessas dicas de peças quero dar outras dicas.
1. Escolha tecidos naturais ou que pelo menos tenha 60% de fibra natural.
2. Essas peças merecem um investimento maior. Mas, isso não quer dizer que elas tem que ser de grife. Elas tem que ser peças para durar.
3. O bom caimento é obrigatório.
Se vocês observarem o post por mais de uma vez usei imagens de Audrey Hepburn para ilustrar. Peças como essas são totalmente atemporais, por isso que devem ser a base do nosso armário e valorizar ainda mais a qualidade e a durabilidade.

Beijos, até breve.

quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

Está querendo ir as compras?

Roseane Mendes

Oi, meninas! Sei que já faz algum tempo que não apareço por aqui, mas estive muito ocupada e somando a alguns contra tempos importantes acabei impossibilitada de escrever. Porém aqui estou eu de volta.

Já passou o Natal, o Ano Novo está aí e começa a vontade de mudança. Muitas mulheres colocam em prática essas mudanças começando pelo guarda roupa, até porque algumas vezes essa é a mudança mais fácil de se realizar. Então, somada as promoções que vem em janeiro a mulherada parte enlouquecida para as compras (de novo, porque já compraram no Natal). 


Antes de ir as compras ou colocar em prática a vontade de mudança no guarda roupa, é bom criar estratégias para não comprar nada por impulso e nem estourar o cartão de crédito. Sei que a vontade de sair por aí arrasando no look novo é grande e começar o Ano Novo bem estilosa. Mas, calma para o tiro não sair pela culatra.


Primeiro faça um inventário de tudo que você tem no seu guarda roupa. Tudo meeeeesmo. Vai dar um trabalhão, mas você pode minimizar esse trabalho com uma boa trilha sonora ou chamando as amigas para ajudar. Depois vocês revesam. Não vou sair com aqueles conselhos prontos da maioria dos consultores de estilo de esvaziar seu guarda roupa se desfazendo de tudo que você não usa a algum tempo. Antes de fazer isso, faça:
1. Separe aquelas peças boas, mas que precisam de pequenos reparos. Aquele botão que soltou, aquela apertadinha na cintura, um bolso que precisa ser trocado. 
2. Veja se algumas das peças que estão encostada no seu guarda roupa, com uma pequena mudança pode ganhar vida nova. Sei que hoje em dia é difícil encontrar uma boa costureira, mas ela pode salvar seu guarda roupa e te fazer poupar uma boa grana. Sempre temos no armário uma peça que mudando um bolso, tirando uma manga, fazendo uma bainha, ganha vida nova.
3. Não seja tacanha. Aquela blusa cheia de bolinha pode ir para o lixo sim. Não guarde, ela pode ferrar seu visual no futuro.


4. Experimente as peças. Deu dúvida se guarda ou doa, vista. Se não se sentir linda com essa peça, doe.
5. Pense nas possibilidades. Aquela blusa branca que parece sem graça, com o acessório certo pode ser linda.
6. Conserve as peças que são exatamente o seu tamanho ou que possam ser ajustadas. Nada de querer insistir em usar aquela blusa cara mas que não comporta mais seus seios. Ninguém vai reparar que é uma blusa cara, só vai ver que está apertada. Não tem nada melhor para te fazer sentir gorda do que uma calça 38 te apertando e fazendo seus flancos saltarem. Assuma que atualmente seu tamanho mudou e doe seu jeans apertado.
7. Aquele sapato que está um pouco gasto, vai destruir seu look. Então, não o mantenha.

Depois de feito isso aí sim é hora de ir as compras. Farei um post só com dicas de como comprar bem. Mas, vou antecipar algumas dessas dicas.

1. Comece a construir seus armário com as peças de construção. Falarei delas no próximo post, mas são aquelas famosas peças básicas.
2. Invista em bons tecidos, são eles que vão garantir o bom caimento e a durabilidade da roupa. Tecidos muito sintéticos tem vida curta.
3. Compre peças para durar. Vamos ser sustentáveis, a natureza e seu bolso agradecerão.
4. Peças tendências é melhor comprar aquelas de preços acessíveis, porque normalmente você vai deixar de usá-la muito em breve. Mas, de uma olhada no tecido assim mesmo.
5. Sapatos devem ser um investimento é melhor ter dois pares de qualidade que dez pares ruins.

Falarei das compras propriamente dita nos próximos post. A fonte de inspiração deste e futuros post são os livros: A estratégia de estilo e o Livro negro da moda da Nina Garcia; Personal Stylist e sites de moda em geral. Mas, vou aproveitar para falar das minhas experiências. Principalmente dos meus erros acho que aprendemos mais com eles.
Beijos até breve. 

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Produtos mais usados em 2013 - Será que sua lista combina com a minha?

Olá, todo mundo! Já estamos em meados de dezembro, praticamente com a cara no chester, e a gente começa a pensar no que passou, nas coisas que mais fez e no dinheiro que gastou.  Às vezes, gastou com ótimos produtos, outros vezes, percebeu a burada que fez jogando dinheiro no lixo. Então, vou mostrar pra vocês a grana bem gasta de 2013. Se preparem porque são muitos produtos!


Produtos para os cabelos e o corpo 


1. Tratamento noturno Pantene Fusão da Natureza. Às vezes, passo esse creme nos cabelos antes de dormir. Ele deixa os cabelos com um cheirinho ótimo e dá uma boa hidratada nos cachos e eles acordam com menos frizz. 

2. Yamasterol Babosa e D-Pantenol (amarelo) e Yamasterol Proteína Hidrolisada (branco). Estou in love com o Yamasterol. Lembro dele na minha casa quando eu era pequena, mas não lembrava do quanto esse produto é ótimo. Ele pode ser usado como condicionador, como creme de hidratação ou creme para pentear. É um creme ralinho, mas muito eficiente. Prometo fazer uma resenha mais detalhada sobre esses maravilhosos creminhos.

3. Máscara L'oreal Force Relax. Essa é a máscara para cabelos quimicamente tratdos da linha L'oreal Profissional. Eu já havia usado a Absolut Repair, mas o efeito não assim uma Brastemp. Os meus cabelos gostaram bem mais da Force Relax. Ela é uma máscara de textura bem consistente, o que faz com que ela dure bastante. Foi cara, mas valeu o investimento.

4. Bepantol Derma. Esse ano o que não faltou aqui em casa foi Bepantol, tanto a pomada quanto o líquido. É um produto que dá um up em qualquer máscara de hidratação e está em todas as minhas receitinhas caseiras. 

5. Loção cremosa hidratante Body Active de O Boticário. Em 2013, fiz um propósito de acabar com os restos de hidratante que eu tinha e usar aqueles que estavam lá há um tempo. Esse eu ganhei da minha madrinha e que surpresa boa eu tive quando comecei a usá-lo. você sente a pele hidratda na primeira passada. Esse é para a pele seca e contém Aloe e Extratos herbáceos. É muito muito bom!

Produtos de maquiagem 


1. Rímel Volume Express Maybelline. Essa é a versão normal, pois o à prova d'água é difícil de  tirar nos dias normais. Gosto muito dessa máscara de cílios para os dias de trabalho, pois, por mais volume que ela dê, o resultado não é tão dramático. 

2. Batom Super Stay Maybelline. Quem acompanha o blog sabe como entrei em contato com essa maravilha que dura muuuuuito nos lábios. Gostei tanto que comprei mais um. Não foi o batom mais barato que eu comprei, mas valeu a pena!

3. Batom Quem Disse, Berenice?. Bom, eu já tiive um batom dessa cor, mas ele acabou e saiu de linha e, por mais que eu procurasse, não conseguia encontrar a cor exata. Isso foi até encontrar a Quem Disse, Berenice?. Essa é a cor 709, é um rosa mais fechado. Lindo! Gostei bem da textura e da durabilidade também. 

4. Blush compacto Color Trend Avon. Devo ter pago uns 10 reais por esse blush que é perfeito para o uso diárioEle dá uma cor de saúde sem ficar carregado. Adoro!


5. Magix da Avon. Acho que todo mundo conhece esse produto, o primer da Avon. Só que não uso como primer, costumo usá-lo junto com o corretivo naqueles dias que não estou a fim de parecer maquiada. E o melhor que ele tem fator de proteção solar 20. 

6. Base em mousse Dream Matte Maybelline. Também que falei dela por aqui. Ela é de cobertura média, mas cobre muito bem e tem uma textura ótima!

7. Corretivo Pro Longwear MAC. Também já fiz resenha sobre esse produto. É um corretivo mais caro, que vale bastante a pena. 

8. Corretivo Duda Molinos. Esse também é um aliado na luta contra minha "pandice". Na resenha eu falei super bem dele, que cobre bem e tem uma textura sequinha. Só que comecei a achá-lo seco demais pra mim. Então, fiz um truque com Bepantol em pomada e ele ficou na textura ideal e aplico com um pincel de corretivo. No próximo ano, começo a ensinar meus truques pra vocês.

9. Pincel para esfumar Quem Disse, Berenice?. Comprei esse pincel há pouquíssimo tempo, mas já foi bem útil, pois resolvi fazer um olho preto esfumado para um casamento (dica de Vanessa Rozan) e ele ajudou muito. É um pincel muito bom! 

10. Pincel Fibra dupla MAC 187. Cismei que queria um desses, comprei e não me arrependi. Ele serve para passar hidratante, BB Cream e base. Também dá um polimento se você fizer movimentos circulares depois de aplicar a base. Também um bom investimento. 

11. Lápis universal para sobrancelhas Marchetti. Esse eu comprei por engano e foi uma boa surpresa. Eu estava atrás de um lápis para olhos marrom e a vendedora me deu esse, como estava com pressa, nem olhei. Só percebi ao chegar em casa. Mas é um lápis muito bom e deixa as sobrancelhas com um aspecto bem natural, além de ser bem baratinho.

12. Lápis para olhos Quem Disse, Berenice? cor Pretuxo. Pensem num lápis bem preto e macio. É esse! Ele é muito muito preto e muito muito macio. Valeu cada centavo que paguei por ele. É uma boa opção de presente também!

Bom, foram esses os meus produtos mais usados nesse ano. Esperem que tenham gostado e não se esqueçam de citar os seus favoritos nos comentários. 

Bjos 

Tati

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Discriminação capilar também é preconceito

Olá, olá! Quarta-feira na área e, confesso, que eu tinha preparado outro post pra vocês, mas diante de alguns acontecimentos recentes, eu me vi meio que obrigada a colocá-lo na gaveta. Acho que todos viram a história do garotinho cuja mãe foi chamada na escola para que cortasse o seu cabelo porque a franja estava atrapalhando o desempenho do menino. Você vai ouvindo ou lendo e acha que essa atitude mostra a preocupação da escola com o desempenho dos seus alunos. Até você descobrir que os cabelos da criança são crespos e cortados no estilo black power. Preocupação com o desempenho do garoto? Sei...

foto: arquivo pessoal / divulgação
Quando a mãe indignada vai até a escola por causa do bilhete da professora, a Diretora insiste em dizer que o cabelo é inadequado e está atrapalhando os colegas. E, para piorar, o garotinho virou motivo de chacota. Resumindo: o garoto sofreu uma tremenda discriminação explícita. E isso me fez pensar na quantidade de discriminação velada que a gente vê e recebe por aí. É tanta gente te olhando torto em determinados ambientes. Em um restaurante de um determinado shopping aqui em Belo Horizonte, por mais de uma vez, me perguntaram se eu trabalhava no shopping, mas a mesma pergunta não foi feita à moça loira de cabelos lisos que estava na minha frente. Não estou dizendo que é alguma ofensa trabalhar no shopping, mas a pessoa que me fez essa pergunta pode estar presa aos esteriótipos que a levam a pensar que cabelos crespos pertencem à classe trabalhadora mais humilde, do tipo "se ela tivesse grana, alisaria o cabelo". A gente vai deixando essas coisas passarem, mas chega um momento que cansa, né! Num país com tanta mistura, com tantos tons de pele e textura capilares é uma pena que isso continue acontecendo todos os dias em algum lugar do país. 

Posso contar que já aconteceu comigo uma situação bastante constrangedora na escola. Quando eu tinha 6 anos, na minha escola, eles estavam tirando fotos para colocar nos diplominhas do pré-escolar. Como eu tinha pulado de série, não tinha feito o pré, não tirei a foto com a maioria das outras crianças. Só que a Diretora quis que eu tivesse essa foto para recordação, então me chamou para "bater o retrato" também. Eu sempre ia para escola bem limpa e penteada, mas vocês conhecem criança, né! Corre no recreio e o penteado fica daquele jeito (tenho uma amiga que diz que sobem os girassóis). Pois bem, eu estava toda trabalhada nos girassóis quando fui tirar as fotos. O que fizeram? Ao invés de só ajeitar os fiapos soltos (era só passar a mão molhada) soltaram todo o meu cabelo, mas não pentearam direito e acabei tirando a foto com um cabelo que só Jesus! Quando cheguei da escola e minha mãe viu o que tinham feito, saiu igual um foguete, com "um quente e dois fervendo", como ela mesma diz, e foi na escola perguntar o motivo de terem feito aquilo com meu cabelo. A resposta foi: os cabelos dela são difíceis! A minha mãe ficou ainda mais possessa, perguntou se alguma vez eu tinha ido descabelada para escola e exigiu outra foto com o penteado que eu tinha vindo de casa. Acabei com dois diplominhas que uma série que nem fiz! 

O que essas histórias têm em comum? Pessoas usando os cabelos para esconder um preconceito maior. Já ouvi histórias ainda piores de cortarem os cabelos das crianças na escola sem autorização dos pais... e estranho, mas toda vez que tem foco de piolho na sala de aula sempre apontam para aqueles de cabelos crespos. É impressionante! Acho que já está mais que na hora das pessoas respeitarem umas às outras. Você pode até não gostar do estilo da pessoa nem do cabelo dela, porém, o respeito é primordial. 

Bom, e vocês, o que acharam dessa história toda?

Até breve e, talvez,  menos indignada,

Tati

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

As cinco maiores gafes em amigos ocultos

Eita que chegou mais uma quarta e eita que já chegou dezembro! O ano está se findando, minha gente! Começou a correria de festas de fim de ano de empresas, escolas, Natal, amigos ocultos... Epa! E falando em amigos ocultos, todo ano é a mesma coisa, né. Gente que fica super feliz com o presente e acha que foi a sua cara e outros que ficam lá, com aquela cara de paisagem, tentando disfarçar a expressão que realmente queira fazer, que é essa: 

Ou essa, hehehe


Quando isso acontece, provavelmente é porque alguém fez uma das gafes abaixo. Essas são as que eu considero mais graves, podem haver outras. Lembrando que não estão em ordem de desastre. Então vamos lá!

Não se informar a respeito do presenteado. 
Gente, isso é tenso e gera uma das carinhas acima, viu! Tem coisa mais triste que ganhar um presente que não tem nada a ver com você? Vou falar por mim, eu não sou de comer chocolate, aí vem o indivíduo e me presenteia com uma cesta de chocolate meio amargo. O que eu faço, Jesus? Nunca aconteceu, mas se acontecesse... e que cara você faz na hora para fingir que gostou? Vamos evitar essa constrangedora situação procurando saber o mínimo sobre a pessoa, hoje em dia as pessoas têm facebook, dá para dar um jeitinho...

Contar algum segredo ou podre da pessoa na hora de revelar o amigo oculto. 
Acho que não preciso nem comentar o tamanho do constrangimento que isso deve gerar, né! Se você conhece a pessoa, priorize suas qualidades e se não conhece, também priorize as qualidades que você acha que ela tem, pode ser até qualidades genéricas, mas é melhor do que contar que viu a pessoa escorregando no banheiro ou tirando meleca do nariz. 

Presentear mulheres com utensílios domésticos. 
Por mais que eu conheça pessoas que amem ganhar coisas para casa, como minha avó, por exemplo, a maioria das mulheres não gosta. Quando você é solteira, até que não costuma rolar muito, não, mas é só casar para vir alguém querer te dar jarra de suco. Já sei casos de gente que ganhou escorredor de macarrão, colher de pau. É amigo oculto, não chá de panela! 

Dar presentes muito acima ou muito abaixo do valor. 
Quem conhece alguém que já deu presente mais caro para o chefe levante a mão! Isso acontece bastante, né? Só porque é o chefe ou seu melhor amigo ou sua paquera, não interessa. Se há um valor estipulado, por favor, vamos tentar achar presentes no valor mais próximo possível. Passar ou faltar dois ou três, até cinco reais, tudo bem, muito mais que isso já começa ser sacanagem ou puxação de saco. 

Dar presentes "reaproveitados" ou brinde de promoção. 
Isso é pior que dá um presente de 20 reais num amigo oculto cujo valor é 50. Eu sei de uma situação que a pessoa deu de presente um calendário que a filha estava vendendo para a formatura. Sei também de gente que deu um pen drive que ganhou em feiras de negócios. Há quem dê até um chip de uma operadora que vem junto com o celular que foi comprado para a sogra. Tem como chamar isso de AMIGO oculto? Tem como? 

Pois é, tentem seguir essas diquinhas para não fazer feio nos amigos ocultos desse fim de ano e mostrem esse post para os amigos para que você não saia da festa com esta carinha de dó.



Divirtam-se em suas festinhas! 

Bjos e até semana que vem 

Tati 

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Dicas de penteados

Roseane Mendes

!Hola, chicas! Aproxima-se o fim de ano e tudo começa acontecer, festas de formaturas, confraternização na empresa, confraternização com os amigos, Natal, Ano Novo... Ufa! E o ritmo de trabalho e estudos também se intensificam nesta época. Haja criatividade e disponibilidade de tempo e dinheiro para ficar com o look legal nestas ocasiões. Eu particularmente estou a mil por hora. Mas reservei um tempinho para dividir com vocês alguns penteados fáceis e que fizeram quando e onde passaram.

A Taylor Swift é um exemplo de que o simples e o clássico é a melhor escolha. Veja como esse coque lateral com franja ficou elegante. Observe que o coque está na lateral oposta em que foi jogada a franja.



Amy Adams também apostou na simplicidade, a velha metade presa do cabelo ganhou um charme cruzando as mexas.


Com Gwen Stefani o tradicional coque alto ganhou estilo com um topete .


Kat Denning usou a trança coque que a mulherada anda amando. O visual fica elegante e casual.




Esse é meu favorito. Tudo bem que entre os anteriores esse é mais difícil de ser feito (eu não consigo fazer).


Chloe Moretz valorizou ainda mais a sua jovialidade com um emaranhado de tranças.

Esse é para "causar". Uma Thurman ficou maravilhosa com essa trança em espiral. 

Inspirem-se e reinvente. Alguns desses penteados podem ser feitos por vocês mesma, aqueles que são mais difíceis vocês pode fazer uma releitura.

Beijos até o próximo post.