quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Viagem a Cuba: Varadero

Roseane Mendes
Foto de arquivo pessoal


Oi, meninas! A cidade de Varadero é onde estão as melhores praias cubanas, banhadas por um mar simplesmente maravilhoso. Minha amiga e eu nos hospedamos em um hotel resort (all inlusive), aliás nesta cidade todos os hotéis são resort. Isso é um ponto muito positivo, já que Varadero é uma cidade basicamente turística. Por essa razão, tudo costuma ser muito caro. Mas os hotéis all incluves em Varadero quando comparados com os preços das diárias dos hotéis aqui no Brasil, vemos que vale muito a pena. É bem mais barato que uma diária de um hotel com café da manhã no nordeste brasileiro, por exemplo. O hotel em que nos hospedamos foi o Meliá Varadero, não tem absolutamente nada para reclamar. Ótimo atendimento, ótimo astral, bons restaurantes, comidas e bebidas ótimas. 

foto do arquivo pessoal

No Meliá Varadero as pessoas eram todo o tempo muito simpáticas, acho que o clima de praia, música e bebida deixam as pessoas desarmadas. Era fácil encontrar sorrisos de comprimento pelos corredores, sempre se escutava um "bom dia" ou "boa tarde" todo o tempo em todos idiomas; alguns que se quer conseguia identificar. Fui com uma amiga, e trouxe na bagagem alguns amigos de viagem que valeram muito a pena ter conhecido. O tempo que estive em Varadero foi como se houvesse tido uma mostra do paraíso. 

Foto do arquivo pessoal

Agora cuidado! O hotel oferece tantas opções, mas tantas opções, que corre o risco de você não sair dele. Mas, não faça isso. A cidade de Varadero tem muito mais a oferecer. Porém, se você perguntar na recepção o que tem para fazer na cidade ou como se faz para chegar ao centro da cidade. Vão lhe dizer que não há nada de interessante na cidade e dizer que é difícil chegar. Não é verdade. Há muito que conhecer em Varadero, e pegar um taxi é muito fácil estão todo o tempo próximos aos hotéis. Mas, preparem o bolso. Nada é barato. 

foto do arquivo pessoal

A noite de Varadero ferve, há shows nas ruas de graça e é aí que você tem a chance de ter contato com nativos. Existem algumas discotecas (eles ainda falam discotecas rsrsrsrs), mas nelas temos contato com outros turistas por razões econômicas. A entrada é muito cara para os nativos, para nós nem tanto, é o mesmo que pagamos em algumas baladas por aqui. É nos shows de rua que ouvimos música latina, nas boates (discotecas) ouvimos música americana e um pouco de música latina. Aaah! Ouvi muito Michel Teló, os cubanos adoram. Quando falamos que somos brasileiras, logo somos associados além do carnaval e futebol, a Neymar, Michel Teló, Gustavo Lima e novelas (lá está passando Avenida Brasil). 

Foto do arquivo pessoal

Para concluir, Varadero é uma espécie de mundo a parte em Cuba. Os quatro dias que passei lá, para mim foi pouco. Saí com a certeza de que havia muito mais para ser explorado. 

Bjim, até breve.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fale conosco