segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Beleza latina: Yadhira Carrillo

Roseane Mendes


Oi, meninas! Conhecem a atriz mexicana Yadhira Carrillo? Essa mexicana nasceu em Aguascalientes no México. Hoje tem 41 anos de idade e uma beleza tipicamente latina. Essa taurina (cabeça dura!) desde muito cedo sabia que profissão seguir. Em 1994 foi eleita "Nuestra Belleza de Aguascalientes", uma espécie de Miss Aguascalientes, cumpriu seu um ano de reinado e partiu para estudar artes dramáticas. Sempre deixou muito claro seu desejo de ser reconhecida como atriz e não como mais um rosto bonito. 


Sua primeira telenovela foi Te sigo amando, novela esta transmitida pelo SBT com o nome de Sigo te amando. Ela representou Teresa um personagem secundário, mas bastante expressivo. Depois interpretou Josefina em Maria Isabel, novela também transmitida pelo SBT. 



Depois fez várias participações em Mujer, Casos de la Vida Real, foi a vilã no especial Más allá de La usurpadora este último foi aqueles dois capítulos extras depois do final da Usurpadora (mais uma vez transmitido pelo SBT). 



Foi a vilã em El precio de tu amor. Em A outra, (transmitida em qual emissora brasileira mesmo? Ah! SBT), foi a protagonista e antagonista já que interpretou o papel de duas mulheres idênticas fisicamente mas de caráter totalmente diferentes. Humm, acho que já vi isso antes!? rsrsrs. 


Yadhira tem um extenso currículo de novelas de sucesso dentro e fora do México entre elas estão: El secreto, Amarte es mi pecado (a protagonista foi Maité Perroni), Barrera de amor e Palabra de mujer. Atualmente é possível vê-la no ar interpretando a Elena em Rubi e Maria José em O privilégio de amar, ambas novelas transmitidas nas tardes do SBT.



Escolhi falar de Yadhira porque acho uma mulher muito bonita, porém uma beleza diferente dos padrões convencionais. Ela não é tãããão magérrima, mas é extremamente elegante e sofisticada. Um tipo de beleza diferente da beleza que vemos nas capas de revistas brasileiras. Tem claramente alguns truques para ressaltar traços que teoricamente não são os mais valorizados no universo da fotografia e do vídeo. Ela é a prova de que beleza é impar, que cada mulher possui a sua e não tem que ser padronizada.

2 comentários:

Fale conosco