sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Sofá e pipoca: Orgulho e preconceito

Por Rose

Título original: (Pride & Prejudice)
Lançamento: 2005 (França, EUA, Inglaterra)
Direção: Joe Wright
Atores: Keira Knightley, Talulah Riley, Rosamund Pike, Carey Mulligan.
Duração: 127 min
Gênero: Romance











Sensível. É assim que defino este filme. É um filme franco-britânico de 2005, baseado no livro de mesmo nome da autora britânica Jane Austen.




A história se passa no século XIX, na Inglaterra rural. O Sr. e Sra. Bennet têm cinco filhas – Jane, Elizabeth (Lizzy), Mary, Catherine (Kitty) e Lidia. Esta família vive em relativa independência financeira numa fazenda. Esta fazenda está destinada a ser herdada pelo primo do Sr. Bennet, o Sr. Collins. Preocupada com o futuro de suas filhas a Sra. Bennet deseja que suas filhas se casem o mais breve possível, para que não fiquem desamparadas quando lhes faltar o pai. Porém, Lizzy está decidida a não se casar a menos que seja por amor verdadeiro.



Chega à cidade o Sr. Bingley, um jovem rico e solteiro dono de Netherfield a maior casa da cidade. Ele é apresentado à sociedade num baile, com ele está sua irmã Caroline e seu discreto amigo Sr. Darcy. Bingley se apaixona por Jane Bennet. Enquanto que Elizabeth se indispõe com Sr. Darcy, depois que ele se recusa friamente a sua aproximação.



Mais tarde, os Bennet recebem a visita do Sr. Collins, um ministro cheio de pompas que idolatra a sua patrona, Lady Catherine de Bourgh. Este propõe casamento a Elizabeth e é rejeitado por ela para desespero da Sra. Bennet. Enquanto isso, as senhoritas Bennet conhecem ao belo e charmoso tenente Wickham. Ele faz algumas críticas a Darcy, aumentando assim a antipatia de Lizzy por este último. Wickham faz Lizzy acreditar que o Sr. Darcy o enganou em relação a uma herança.



Porém, o Sr. Darcy está apaixonado por Lizzy e depois de algumas aproximações a propõe casamento. Lizzy o rejeita severamente dizendo que ele seria o último homem da face da Terra com quem se casaria.



Diversos acontecimentos tumultuarão a vida pacata da família Bennet. E durante este turbilhão de encontros e desencontros, Lizzy a verdadeira índole de Wickham e do orgulhoso Sr. Darcy. Lizzy entenderá que agiu com preconceito e apaixonada não sabe como reparar seu erro. Será o Sr. Darcy tão orgulhoso que não perdoará Lizzy?



Por meio deste romance, Austen faz de maneira sutil críticas ao jogo de interesse e aparência da sociedade da época. Onde as pessoas enganam e enganam-se.

Beijos.

2 comentários:

  1. Esse filme é lindo, com duas incríveis interpretações e a história só ajudou...o livro é incrível delicioso de ser lido, de ser comido.. virei uma fã incondicional de Mr. Darcy....
    Adorei o post !!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este filme certamente faz parte dos meus dez mais, e Jane Austen se tornou um dos meus escritos preferidos. E o Mr. Darcy também povo meus sonhos. rsrsrs

      Excluir

Fale conosco