segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Sofá e pipoca: Cuba libre

Por Rose



!Hola, chiiiiiiiicas! Hoje o Sofá e Pipoca é de novo com o “guapísimo” Gael Garcia, mas ele não é protagonista. A história é narrada segundo o ponto de vista de um menino. O filme começa com o garoto assistindo ao filme de Julie (com Dóris Day). Mas são tempos de guerras e a energia é corta como represaria. Cuba Libre tem como base a ditadura Batista vista sobre os olhos de uma criança. Misturando sonhos infantis e as radicais mudanças políticas da revolução cubana. Essa criança descobrirá que crescer é um processo doloroso, no qual todos os seus atos terão conseqüências imutáveis.

È no ano de 1958, último ano do regime de Batista. Fidel Castro e seus revoltosos apoiantes começam a se aproximar da capital, enquanto isso na pequena cidade de Holguin Che (não é o Guevara) e Beta cuidam da sua família alternando a boa convivência entre as autoridades e os rebeldes. Ao mesmo tempo em que seu neto descobre o primeiro amor e a dura realidade da vida adulta.

Tudo isso é mostrado de maneira muito poética e sensível. Eu recomendo.

Beijos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fale conosco