sexta-feira, 1 de abril de 2011

10 Mulheres públicas que eu admiro

Por Anie

Já disse que saí dos meus 15 nos, mas os meus 15 anos não saíram de mim. Assim, estou relendo “O diário da princesa” (já até falei do filme no post Mata a Véia – Chris Pine)... Eu sei, eu sei... Nada de grande literatura... Mas é uma boa leitura de ônibus, e como passou aproximadamente 3 horas do meu dia no caminho casa-trabalho trabalho-casa, é um bom passatempo. O importante é que no livro, tem uma lista de mulheres que a protagonista admira. E como eu adoro listas, resolvi fazer a minha. No livro, ela escolhe as 10 mulheres que ela admira e ai entra a mãe a e melhor amiga dela... Porém, como acho que todas as mulheres que eu conheço admiram suas mães e mulheres próximas e eu admiro todas, resolvi escrever uma lista com as mulheres públicas que eu admiro. Elas serão descritas em ordem alfabética e não de importância, pois acho que não conseguiria classificar por esse critério.

Lá vai:

Charlize Theron – Ela matou o próprio pai! Fiquei sabendo a algum tempo, vendo uma entrevista dela. Ela o matou acidentalmente, quando o ameaçava enquanto ele batia na mãe dela. Ele abusou dela várias vezes, até que ela se cansou. Mesmo assim, seguiu a vida enfrente, é uma das mulheres mais lindas do mundo. Fez um papel em que teve que praticamente se deformar (nada sexy) e mesmo assim o fez com maestria. Gosto muito dela como atriz!

Coco Chanel – Sou completamente apaixonada pelo ícone que ela criou. A Chanel é uma das principais referências de sucesso na moda e no mundo do MKT. Ela sim desafiou uma orda de preconceitos para faze valer o que achava correto.

Deborah Colker – Nunca vi uma peça dela, confesso! Mas só de pensar que ela é uma das melhores bailarinas e diretoras de espetáculos contemporâneos do mundo, já tenho orgulho de saber que ela é brasileira. Acho que o que ela faz é uma proeza, se pensarmos que no Brasil esse tipo de arte não é valorizada, enquanto mulheres-fruta e BBB são cultuados.

Hebe Camargo – 80 e tantos anos e ela ainda é diva! Admiro a concretude da vida dela. Acho-a extremante simpática e verdadeira! Uma verdadeira dama!

Inezita Barroso – Ela nasceu em 1925, o que quer dizer que ela tem hoje, 86 anos. Mesmo assim, todos os sábados, ela está com seu programa Viola minha Viola na TV. O que ela faz pela cultura rural e a música caipira desse país, apresentador nenhum consegue fazer. Ela é um arauto da cultura rural do Brasil.

J.K.Rowling – Ela escreveu a mais envolvente das sagas. O que mais me impressiona no Harry Potter é a forma de escrever um texto tão envolvente, que mexe com a emoção de quem lê. Além disso, ela soube levar a história até o fim de forma bem amarrada e concreta. Já perdi a conta de quantas vezes já li os livros e assisti aos filmes.

Madonna – Não por ter sido uma revolucionária sexual, mas por já estar nos 50 e poucos anos e ainda se manter no topo. Ela pode não ser a melhor cantora, mas é o melhor produto de MKT musical que o mundo já viu.

Marilia Gabriela – A jornalista! Não há mulher no Brasil que se apresente de forma tão inteligente, ao meu ver, quanto ela. Entrevistas inteligentes, com foco legal. Uma excelente mistura de informação e entretenimento. Fiz comunicação e dizia que só faria jornalismo se eu tivesse certeza que se iria trabalhar como ela.

Princesa Diana – Acho que o fato dela ter sido a plebéia que se tornou princesa, como toda mulher sempre quis ser e ter morrido da forma que morreu, me marcou d+! Ela representou a busca por um mundo mais igual.


Tem aí, 9 mulheres... Confesso q não consegui achar a última! E por isso, deixo em aberto...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fale conosco