segunda-feira, 14 de março de 2011

Quando a cabeça não pensa, a carreira padece

Por Rose



Oi, meninas! O que vocês fariam se estivessem em um bar e na mesa ao lado estivesse um grupo de pessoas onde uma delas falassem muito alto? Quer um conselho? Não vá despejando todas as bobagens que lhe vem a cabeça. O exemplo mor de anti civilidade foi dado pelo estilista John Galliano. O gênio da criação se revelou de gênio muito ruim e índole duvidosa. Não se fala em outra coisa no mundo da moda além das declarações antissemitas de Galliano. Depois de declarar que não gosta de judeus, que ama Hitler e que gostaria de exterminar os que sobraram em novas câmaras de gás. A retaliação veio a cavalo: a casa Dior o demitiu.

Mas tudo isso é só o começo da polêmica, porque depois da anunciada demissão o rapaz que fez a acusação fez a seguinte declaração: "Eu estava com uma amiga quando um homem que eu não conhecia se sentou junto a nós. Depois, começou a agredir-nos verbalmente e a dizer à minha amiga que a voz dela o irritava, que ela falava muito alto". Depois de narrar de descrever o fato ele ainda ponderou: "Não acredito que ele seja antissemita. Suas palavras não passaram de provocações." E concluiu: "John Galliano não merece isto. Não quero que ele se destrua assim". Verdade seja dita, é nos momentos de fúria em que a gente se revela. Não declaramos o que não pensamos quando estamos furiosos.

As opiniões se dividem: tem aquele grupo que acha que o designer deve mesmo ser punido por discriminação, e há aqueles que defendem a liberdade de expressão seja lá que expressão é essa. Agora, vocês há de concordar comigo que alguém trabalha para um público tão amplo, inclusive para os judeus deve ponderar as palavras. Sabendo das perseguições e extremínios sofridos pelos judeus não dá para sair em defesa do designer, já que o que todos nós queremos é virar essa página da história. Quanto a carreira de Galliano? Só o tempo poderá dizer se ele será capaz de superar esse episódio infeliz criado por ele mesmo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fale conosco