quarta-feira, 16 de março de 2011

Desfile das Campeãs do Rio de Janeiro

Por Tati

Eu disse que voltava em breve... então voltei para falar de uma das experiências mais marcantes da minha vida, que foi assistir o Desfile das Campeãs no sambódromo. Bom, eu adoro escola de samba! Sou daquelas que sabe os sambas, os nomes dos carnavalescos, acompanha apuração e torce muito para uma escola. Já vou avisando que sou Mangueira, mas curto todas.
Esse ano, a grande campeã foi, mais uma vez, a Beija Flor. Polêmicas a parte, eu estava torcendo para ela, pois acho que o Roberto Carlos merecia a homenagem e o desfile estava digno de um Rei. Além do Roberto Carlos, elegi alguns outros detaques do desfile.
A Comissão de Frente da Tijuca foi um show. Não havia quem não ficava de boca aberta quando via as cabeças cairem. O truque foi muito, muito bom. Outra que se destacou foi a Luiza Brunet, que estava simplesmente maravilhosa á frente da bateria da Imperatriz. Impressionante como ela estava linda! De chorar foi a bateria da Mangueira! Não havia quem não se arrepiava com a paradona de 20 segundos. Sem contar que o samba também era lindo. Parabéns, Mangueira! (tietagem).
Outra escola que deu show foi o Salgueiro. Fiquei muito feliz que a escola foi para o Desfile das Campeãs, mesmo depois de todo aquele atraso que fez a escola perder um ponto. O desfile do Salgueiro foi tão lindo e contagiante que valia o título. Estou com o samba enredo na cabeça até agora (Onde está, diz aí, Carlota Joaquina veio descobrir...) Mas o que mais me chamou a atenção foi o King Kong enorme com o relógio da torre da Central do Brasil na mão. Foi o carro mais bonito desse ano. Lindo!
Então é isso, pessoal! Isso foi um pouco da minha experiência na Sapucaí. Espero que tenham gostado.
Um abraço!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fale conosco