segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Como a dança contribui para a beleza

Olá todo mundo! Depois de um longo período de hibernação, voltei para o blog! \o/ E é com grande alegria que vou falar de um assunto que conheço bem: a dança. Como a Rose citou em seu último post que a dança reduz as chances do monstrinho da celulite aparecer, resolvi falar um pouco da minha longa experiência com a dança e dos benefícios que ela trouxe para minha vida. Acho que nem preciso comentar que, como uma atividade física, a dança melhora a flexibilidade, o condicionamento aeróbico, aprimora a coordenação motora e perda de peso, entre tantos outros. Além de ser bem menos monótono que ficar horas na esteira ou na bicicleta (minha opinião, claro). A dança também contribui muito para a melhora da autoestima, uma vez que *"Ao ensaiar os primeiros passos, a pessoa se desprende dos medos e preconceitos e vê seu estilo de vida ser transformado pouco a pouco."

Bom, a minha experiência mais longa é com o ballet e o jazz. Danço outras modalidades como dança do ventre e dança de salão. Porém hoje vou me concentrar no ballet. Em mim, o ballet não só ajuda a manter a forma, mas também me ajudou muito a melhorar a postura e a força muscular. Além disso, os trabalhos de ponta e meia ponta deixam as panturrilhas (vulgo "batatinhas da perna") muito bem trabalhadas. O ballet é um exercício tão completo que, uma recente pesquisa feita pela Universidade de Hertfordshire, no Reino Unido, o comparou com a natação e o ballet apresentou melhores resultados em sete de dez medidas de condicionamento físico. Para ler a matéria completa é só clicar aqui.
Atualmente, muitas academias de dança estão recebendo adultos que querem iniciar no ballet clássico, pois além de uma excelente atividade físico, o prazer de dançar não tem preço.

Volto depois para falar de outras modalidades de dança.

Tati

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fale conosco