quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Sofá e pipoca: Rudo e Cursi


Por Rose

Preciso começar este post com algumas críticas. A primeira é: quando comprei este DVD estava pensando em trabalhá-lo com meus alunos de 13 anos, já que a classificação dizia que não era apropriado para menores de 10 anos. Aí está o problema. Este filme contém cenas de sexo (quase explicito) e consumo de cocaína, sem falar na linguagem chula. Por essa razão a classificação não é 10 anos, uma criança de 10 anos não está preparada para ver um adulto consumir cocaína como se fosse a coisa mais natural do mundo e diferenciar isto de certo e errado. Principalmente, quando quem está consumindo é um atleta de sucesso (naquele momento). Segunda crítica: a capa. O slogan é: "A vida é uma viagem". Vai me desculpar, mas viagem teve quem colocou este slogan. Durante todo o filme a vida é comparada ao futebol. Será que a pessoa achou que: "La vida es un partido", que este partido é o mesmo que viagem. Pelo amor de Deus!!!!!!! Outra coisa o gênero dizia comédia. Onde está a comédia? Um jogador talentoso perder a perna e nunca mais poder jogar devido uma dívida de jogo é engraçado? Outro jogador perder um penalti e por isso ser banido do futebol é engraçado? já sei !!!!! A comédia estava na capa!!!!! O filme até tem umas poucas cenas engraçadas, mas não o suficiente para ser taxado de comédia.

Deixando os detalhes técnicos de lado, a atuação é bacana. Gael Garcia Bernal e Diego Luna estão brilhantes. Tato (Gael Garcia) recebe o apelido de Cursi devido a sua agilidade com a bola. Beto (Diego Luna) tem o apelido de Rudo devido ao temperamento explosivo. Eles são dois irmão de origem muito humilde que vencem na vida através do futebol. Mas, quando se vêm em meio a um mundo de luxo e mulheres, acabam se perdendo. Rudo e Cursi é um filme emocionante feito para pensar. Mas, não é para criança de 10 anos e não é uma comédia. Ignorando a sinópsis mal feita e a ficha técnica mediocre, vale a pena ver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fale conosco